sábado, 20 de abril de 2013

A hora do abandono – Caio S.C.


A hora do abandono – Caio S.C.



E assim foi necessário,
Não  sabia se era o certo.
Mas fiz o que dizia o coração
Que já era insensato e velho.
Abandonei amor,
Pois não sabia amar.
Abandonei as crenças,
Por falta de acreditar.
Abandonei Esperança,
Pois não havia o que visar.
Abandonei a todos
Por em mim mesmo não acreditar.
Abandonei a mim mesmo,
Pois precisava morrer
Para recomeçar.

2 comentários:

Ocorreu um erro neste gadget