sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Arrogante! (Caio S.C.)


Imagine você, 
andando por ai, pensando em seus problemas, nas contas pra pagar, naquele amigo chato que nunca cala a boca quando você chega cansado do trabalho, no cachorro que nunca para de latir durante a madrugada – e que para logo que você acorda – no ônibus lotado que você ainda vai pegar amanhã, e talvez por mais 5 ou 20 anos. Indo e voltando, indo e voltando.
E nesse mesmo caminhar, vem de ao seu encontro, um cara, simplesmente, um cara, ele passa, sorrindo, e com um sorriso que não se sabe sua malicia, com um olhar de quem pensa em algo importante, em conjunção com sua sobrancelha arqueada – O que será que esse cretino está pensando?  - é isso que você pensa, e digo mais, você pensa, “Quem é esse cara?”

Como um cara, em pleno século XXI, com os problemas políticos que temos hoje em dia, deputados, senadores, bancos e o diabo a quatro nos roubando, com pessoas se preocupando com sua saúde – será que eu estou doente? É gripe? É virose? H1N1? Câncer? Sífilis? – pessoas com os velhos problemas com agiotas que lhe dão poucos dias para pagar aquele “crédito fácil”.E o cara continua sorrindo.
 Eu sei. Você ficou louco para gritar, “Ei seu filho da puta, presta atenção! O mundo ta girando, acorda pra vida, caralho!!!” e pensa, novamente, “Quem é esse cara?”.
    [Você é o cara com a proteção, e ainda esta preocupado, com medo. Mas você ainda está vivo!]                                           Imagem do Ah Negão

Mas, a arrogância dele, de sorrir, andar e sorrir, transmitindo uma energia de felicidade, mas que felicidade arrogante! Deixa-lhe enojado, agora você fica revoltado, e busca expressar sua raiva. Chega em casa, grita, fala mal nas redes sociais, manda mensagens, cria correntes contra a felicidade alheia baseada na suposição de que aquele cara não liga pra nada. E pensa novamente, e de novo, e mais uma vez,  “Quem é esse cara?”.

Quem é esse cara?! Simples.
Um cara que teve uma boa manhã, por mais que ido dormir machucado, não que ele liga pra dor, “A dor é minha amiga, mostra estou vivo e ainda tenho pelo o que lutar”, é a filosofia dele. Tenha talvez dormido uma 5 horas somente, por ter de acorda varias vezes durante a noite para ajudar alguém que ele ama muito, que nem sempre pode se virar sozinho – literalmente – mas ele acorda, volta a dormir, sonha o pouco que ainda pode – quando não sonha acordado nas horas erradas -. E sim, ele pensa saber de muita coisa, e que tem vários planos, sempre sendo construídos para salvar a Humanidade, não a Sociedade, a Humanidade, por mais que sua idéia se baseia em sofrer para evoluir, do modo que ele evoluiu, algum problema até aqui?!
 Ele ainda teve uma manhã divertida, riu de coisas engraçadas, lembrou das suas desgraças, e riu também. Outro cara com mais experiência na psicologia, ou psicofisiognomia, lhe disse, na frente de uma garota certa vez, que ele parece feliz, é bom com todos, de vez em quando fica nervoso com os erros tolos dos outros, e que no fundo, onde ninguém de visão e sensibilidade normal conseguiria ver que, ele na realidade, ele é triste.

“Com um sorriso no rosto, você ganha o mundo, guerras, e um amor”, essa é outra filosofia dele. E ele estava andando principalmente com essas duas, essas pilastras que constroem seu a mansão que seu Life Style.
Ele anda com um sorriso no rosto, muita energia, e milhões de pensamentos na cabeça.

Ah, é mesmo! Quem é ele, né? O arrogante?!
Então, sou eu.

Mas poderia ser qualquer um, você que leu esse texto,  seu irmão, sua prima, ou simplesmente um desconhecido andando por ai. Com vontades e mil idéias na cabeça. Ignorando de forma positiva as coisas ruins, obliterando a negatividade, só seguindo em frente, sorrindo...

Você seria capaz de fazer o mesmo? Ao mesmo tempo que se esta lutando, por você, por alguém, pelo mundo, e continuar sorrindo?! Mas sem medo, OK!?

Um comentário:

  1. Primo, o texto é muito bom. Assim como a idéia de basear-se na sua vida. Cronistas fazem muito isso.
    Agora, cuidado com os erros de concordância, palavras cortadas ou que faltam, pois elas prejudicam a fluência na leitura, e logo o seu entendimento.
    Releia o texto, com calma, e ai você poderá sanar essas questões.

    ResponderExcluir

Ocorreu um erro neste gadget