quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

The redhead girl has gone away (Caio S.C.)

(A garota ruiva foi embora)













Muita carga
Era o que ela possuía.
A vida lhe pregava peças
E nas peças ela caia.
Esforçava-se no que queria,
No necessário
Também não pendia.
Peça era algo que gostava,
Ao teatro sempre ia,
Procura o drama dos atores
Encontrar em sua vida.
Fazia da vida uma grande peça,
Por mais que ainda
A morte temia,
Não via motivos para não viver,
A eternidade era sua amiga.
Em busca de um sonho
Deixou casa e lar,
Foi embora para longe,
Nela mesma precisava acreditar,
O caminho seria tortuoso,
Não estaria sozinha
Haveria a quem chorar.
De perto ou de longe,
Ela sempre deixa saudade.
Não importava se o cabelo era pintado,
Para mim,
Ela era ruiva de verdade.
(Caio S.C.)

(Poema dedica a Gabriela, que seguirá seus sonhos. Receba este poema como um presente de boa sorte e um até mais, espero que te ver com sucesso e com seus sonhos realizados/sendo realidados)
Bonne chance Gabriela , je vous souhaite beaucoup de succès,
nous voyons un jour.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget