terça-feira, 31 de maio de 2011

Comumente (Caio S.C.)

Onde uma vez houve amor,
Se pôs o ódio.
Agora só resta um vazio,
uma dor,
sozinho,
e o mais obvio.
...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget